A questão da escassez da água e dos consequentes impactos ambientais descentralizou a responsabilidade da administração pública em relação ao tratamento de água e efluentes.

As indústrias, cada vez mais conscientes de suas funções sociais junto às comunidades nas quais estão inseridas, assumem o compromisso de contribuir ativamente com as políticas públicas voltadas para a melhoria da oferta de água, prezando pelo uso eficiente e sustentável desse recurso e minimizando os impactos ambientais.

As políticas e os valores empresariais devem ser compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, respeitando e preservando os recursos ambientais.

A empresa socialmente responsável, que respeita os direitos e os interesses dos indivíduos que de uma forma ou de outra são por ela afetados, acaba se destacando no mercado e obtendo uma grande vantagem competitiva.

Diante dessa realidade, as indústrias estão cada vez mais atentas ao descarte de seus resíduos, investindo alto em tecnologias eficazes para o tratamento de água e efluentes e cumprindo com as normas ambientais em vigor.

O tratamento da água e de efluentes tem por objetivo eliminar os resíduos humanos e industriais.

Dentre esses resíduos estão os sólidos em suspensão, que podem entupir rios ou canais; as bactérias e outros organismos patogênicos, que podem causar sérias doenças se a água for consumida pelo homem; produtos orgânicos biodegradáveis, que alimentam microrganismos e levam à eutrofização da água, prejudicando os seres biológicos presentes na água; e nutrientes como o nitrato e fosfato, que também podem levar à eutrofização da água gerando gases tóxicos e morte de peixes.

As diversas tecnologias para o tratamento de água e efluentes podem ser combinadas para atingir uma boa qualidade da água.

Dentre elas podemos destacar os processos físicos mais comuns como a decantação e filtração ou separação centrífuga.

Decantação Lamelar

A decantação é o ato de separar, por meio da gravidade, os sólidos sedimentáveis que estão na água. Para as estações de tratamento destaca-se o DECANTADOR LAMELAR, que utiliza forças gravitacionais para separar as partículas de densidade superior a da água. Trata-se de um processo que reduz significativamente a superfície de separação da água / Iodo.

Decantador Lamelar na obra de ampliação da Estação de tratamento de água cidade de Iracemápolis

Decantador Lamelar na obra de ampliação da Estação de tratamento de água cidade de Iracemápolis

Os processos de tratamento de efluentes utilizam os decantadores lamelares como unidades de tratamento secundário. Precedem a etapa da decantação lamelar os processos biológicos, físicos, físico-químicos ou mesmo uma combinação desses. Após esses processos, os sólidos/Iodo gerados são retirados na etapa de decantação.

Os decantadores lamelares podem ser empregados em todos os processos em que há geração de Iodo que necessita ser removido, e, suas dimensões são especificadas em função das taxas de escoamento superficial, conforme o tipo e as características do efluente. As dimensões e as vazões variam dependendo de qual será a sua funcionalidade.

A possibilidade de aplicação de maiores taxas de escoamento superficial é uma vantagem dos decantadores lamelares, tendo como consequência a redução dos seus tamanhos e a possibilidade de designs mais compactos.

Mais o mais relevante e se destacar, é a alta eficiência dos decantadores lamelares na separação dos sólidos/líquidos e na remoção do óleo. Podem ser adequados para operar com partículas de diferentes densidades, desde lama de fosfato, considerada leve até sedimentação de resíduos de mineração, considerados de maior densidade.

Valendo-se dessas tecnologias de eficácia comprovada para o tratamento de água as indústrias assumem posição relevante na sociedade, contribuindo com o meio ambiente e com a saúde da população local.

A FUSATI é uma empresa que preza pela sustentabilidade de seus projetos!

Conheça as nossas soluções para o uso eficiente da água.

Sumário
Decantação Lamelar no Tratamento da Água e Efluentes
Nome do Artigo
Decantação Lamelar no Tratamento da Água e Efluentes
Descrição
Decantação Lamelar pode ser empregada em todos os processos em que há geração de Iodo que necessita ser removido, e, suas dimensões são especificadas em função das taxas de escoamento superficial, conforme o tipo e as características do efluente.
Autor
Publicado por
Grupo FUSATI
Marca
Open chat
Olá, Podemos ajudar! Fale com um consultor!