Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água

Além da expertise na fabricação de filtros e estações de tratamento, a FUSATI também oferece assessoria e serviços especializados de análise de eficiência e melhoria de rendimento operacional de Estações de Tratamento de Água, de Efluentes Industriais e de Esgoto.

Para clientes comerciais, industriais e condomínios, a FUSATI disponibiliza o Jar Test: Serviço de Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto, procedimento técnico-laboratorial que gera eficiência ambiental e financeira.

Avaliação da Eficiência de Uma Estação de Tratamento

A análise profissional da performance de Estações de Tratamento de Água (ETA), Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) e Estações de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEI) é fundamental para otimizar e potencializar o funcionamento dessas unidades.

Decisões equivocadas, tomadas a partir da falta de controle e desconhecimento sobre o funcionamento das ETAs, ETEs e ETEIs, acarretam prejuízos como o maior consumo de produtos coagulantes e insumos utilizados no tratamento e o aumento do custo total de tratamento de água, esgoto e efluentes tratados.

A busca pelo melhor rendimento de plantas de tratamento – ETAs, ETEs e ETEIs – passa, inicialmente, pela avaliação profissional:

  • de parâmetros como pH, turbidez, cor da água e outros
  • dos tipos de produtos coagulantes e desinfetantes que são utilizados nas etapas de tratamento
  • da estrutura física e tecnológica da unidade de tratamento
  • das propriedades físicas, químicas e biológicas do tipo de líquido tratado

O mapeamento dessas variáveis permite a identificação de falhas/equívocos operacionais – como, por exemplo, o desperdício de produtos coagulantes e a geração excessiva de lodo – e a posterior correção de dosagens e procedimentos para tornar esses dispositivos mais eficientes, econômicos e sustentáveis.

A análise profissional da performance de Estações de Tratamento de Água (ETA), Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) e Estações de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEI) é fundamental para otimizar e potencializar o funcionamento dessas unidades.

Ensaio de Floculação Jar Test

A aplicação do jar test (teste de jarros), que também é conhecido como ensaio de floculação, envolve a análise de amostras de água bruta, efluentes industriais e esgotos em plantas de tratamento.

Basicamente, o jar test é um método técnico-laboratorial – realizado com amostras líquidas coletadas de ETAs, ETEs e ETEIs – para determinar as quantidades exatas de coagulantes e outros produtos químicos que serão empregados no processo de tratamento.

O objetivo do jar test é fornecer subsídios laboratoriais para tornar as plantas de tratamento mais produtivas, econômicas e ecoeficientes.

 

Ensaio de Floculação Jar Test A aplicação do jar test (teste de jarros), que também é conhecido como ensaio de floculação, envolve a análise de amostras de água bruta, efluentes industriais e esgotos em plantas de tratamento.

Como é feito o Jar Test?

O jar test se dá a partir da análise de amostras com diferentes condições de pH, que são preparadas com a mistura de substâncias ácidas ou alcalinas.

Em seguida, os jarros analisados (amostras com diferentes condições de pH) recebem doses iguais de coagulante. Esse ensaio químico permite identificar a amostra com nível de pH mais adequado, e favorável, para o sucesso do processo de floculação numa determinada estação de tratamento.

A partir da descoberta desse ‘pH ideal’, são realizados novos ensaios químicos para se descobrir a dosagem exata de coagulantes a serem utilizados na unidade de tratamento, de forma a torná-la ao mesmo tempo eficiente e econômica.

A coagulação e a floculação são dois processos físico-químicos que compõem as etapas iniciais do tratamento de água.

Coagulação e/ou floculação no tratamento de água

A coagulação e a floculação são dois processos físico-químicos que compõem as etapas iniciais do tratamento de água.

Na fase de coagulação, ocorre a aplicação de sulfato de alumínio para que as partículas de sujeira e resíduos diversos se aglutinem.

Depois, durante a etapa de floculação, essas impurezas reunidas são transformadas em flocos que, na sequência, serão decantados (depositados no fundo do tanque pela força da gravidade).

Em Estações de Tratamento de Água (ETAs), geralmente esta sequência é a seguinte:

  • Coagulação
  • Floculação
  • Decantação
  • Filtração
  • Desinfecção
  • Decloração
  • Correção de pH

7 vantagens do Jar Test

R

Otimização de Plantas de Tratamento

R

Maior Eficiência Operacional e Ambiental

R

Precisão e Segurança no Tratamento de Água, Efluentes Industriais e Esgotos

R

Identificação do pH Ideal

R

Determinação Exata da Aplicação de Produtos Químicos

Economia de coagulantes, desinfetantes e outros insumos

R

Diminuição do Volume de Lodo

conseguentemente dos custos inerentes ao tratamento deste resíduo

R

Maior Rentabilidade e Economia

FUSATI – Serviço de Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto

Há mais de quatro décadas, a FUSATI desenvolve tecnologias de filtragem e tratamento de água, esgotos e efluentes resultantes de processos fabris.

Paralelamente a essa atividade central, a companhia oferece suporte técnico especializado a companhias que desejam melhorar o rendimento de suas Estações de Tratamento de Água (ETA), Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) e Estações de Tratamento de Efluentes Industriais (ETEI). 

As soluções filtrantes e os serviços especializados da FUSATI fazem parte da trajetória de sucesso de empresas dos setores de alimentos, bebidas, medicamentos, químicos, têxteis, hotelaria, lavanderia, saúde (hospitais, laboratórios, clínicas), educação, automóveis, entretenimento, turismo e outros.

Clientes Residenciais, Comerciais e Industriais espalhados por todo o Brasil

Casas e Condomínios Horizontais e Verticais

Clientes Industriais

Perguntas Frequentes:

Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água

Como o “Jar Test” ajuda a otimizar as ETAs, ETEs e ETEIs?

A partir da realização desse teste laboratorial, é possível adotar medidas corretivas (como a correção de pH, a dosagem exata de produtos químicos e outras ações) para melhorar o rendimento dessas unidades.

O que o Jar Test faz?

O Jar Test determina o tipo e a quantidade exata de insumos a serem utilizados no tratamento de água, efluentes industriais e esgotos, além de apontar o pH ideal para os processos de floculação e coagulação.

A baixa performance das Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto causa prejuízos às empresas?

Sim. Além de possíveis danos ambientais, a falta de análises e controles precisos em ETAs, ETEs e ETEIs provoca prejuízos operacionais e financeiros.

Como otimizar Estações de Tratamento de Água (ETAs)?

A melhoria da performance de ETAs depende, inicialmente, de um conjunto de análises prévias que fornecerão parâmetros para a elaboração de um amplo diagnóstico operacional.

A partir desse laudo, e levando-se em conta aspectos estruturais da unidade e o tipo de água que se deseja tratar, então é possível a adoção de ações corretivas para aprimorar o funcionamento e a eficiência da ETA.

Quais são as consequências de uma ETA com baixa performance (‘desregulada’)?

Além da ineficiência ambiental, há o desperdício de coagulantes, desinfetantes e outros produtos químicos, a maior geração de lodo e o aumento de gastos relacionados ao tratamento e destinação final ambientalmente adequada desse lodo residual.

É possível melhorar o rendimento de Estações de Tratamento de Efluentes e Esgoto?

Sim. A exemplo do que acontece nas ETAs, também é possível ajustar e otimizar o funcionamento de ETEs e ETEIs, fazendo a correção de níveis de pH, promovendo a poupança de produtos químicos e identificando as melhores condições para o êxito dos processos de coagulação e floculação.

É possível melhorar o rendimento de Estações de Tratamento de Efluentes e Esgoto?

Economia no consumo de produtos químicos necessários para o tratamento de líquidos em ETAs, ETEs e ETEIs e com custos decorrentes do tratamento de grandes volumes de lodo.

Conheça Também:

Tecnologia em Sistema de Tratamento de Água para Indústrias e Cidades

As Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto são sistemas que recebem as cargas poluentes de processos industriais e/ou de cidades e devolvem o efluente tratado para um fim diferente, seja para natureza ou para a reutilização.

Sumário
Jar Test: Serviço de Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto
Nome do Artigo
Jar Test: Serviço de Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto
Descrição
Jar Test: Serviço de Otimização de Processos em Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto, procedimento técnico-laboratorial que gera eficiência ambiental e financeira.
Autor
Publicado por
FUSATI
Marca
Open chat
Olá, Podemos ajudar! Fale com um consultor!